O mar como forma de curar

 Você sabia que as férias na praia podem ser uma verdadeira cura para muitas doenças?

Descubra os benefícios da água, sol e sal no corpo.

Um banho de mar renova nossas energias e nos prepara para terminarmos ou começarmos bem um novo dia.

No entanto, os benefícios do mar vão muito além. A água pode nos ajudar a curar muitas doenças através de sua salinidade, iodo e ar saloio dico. Além disso, a água salgada libera o trato respiratório e reduz as formas alérgicas.Trate-se com um feriado, um final de semana ou até mesmo uma mudança para o litoral .

Água do mar pode nos ajudar a melhorar as seguintes condições:

  • Alergias respiratórias
  • Sinusite
  • Resfriados e outras doenças respiratórias
  • Problemas de asma
  • Intoxicação por agentes químicos
  • Problemas causados pelo tabagismo

 

Dores que são amenizadas com a ajuda da água do mar:

  • Doenças reumáticas
  • Deslocamentos
  • Articulações
  • Fraturas
  • Osteoporose

 

Alergias reduzidas:

  • Eczema
  • Psoríase
  • Acne seborreica
  • Dermatite
  • O mar também ajuda na luta contra estados depressivos e melhora complicações ginecológicas e ligadas ao hipotireoidismo e linfatismo.

 

Mas por que o mar é um amigo tão precioso? O que o torna tão especial é o chamado "aerossol marinho". O ar, perto da costa, contém uma quantidade maior de sais normais do que minerais: cloreto de sódio e magnésio, iodo, cálcio, potássio, bromo e silício.

Eles vêm das ondas quebrando a costa e dos salpicos de água do mar levantada pelo vento. Os primeiros a se beneficiar são os pulmões: a respiração melhora significativamente desde os primeiros dias. Mas o aerossol marinho também estimula o metabolismo, revigora a circulação sanguínea e melhora o sistema imunológico.

A água do mar tem muitos componentes que trazem relaxamento ao corpo, tiram dores e reenergizam. Não é à toa a crença de que um banho de mar pode “descarregar” energias negativas. Além das propriedades da água, a quebra das ondas no corpo promove uma drenagem linfática e ainda estimula a pele e a circulação.

A água marinha é composta por mais de 80 elementos químicos. Alivia principalmente as tensões musculares, graças à presença de sódio em sua composição — por isso é considerada energizante. A massagem que as ondas fazem no corpo estimula a circulação sanguínea periférica, e isso provoca aumento da oxigenação das células.

Graças à presença de cálcio, zinco, silício e magnésio, a água do mar é usada para tratar doenças como artrite, osteoporose e reumatismo. Já o sal marinho, rico em cloreto de sódio, potássio e magnésio, tem propriedades cicatrizantes e antissépticas

O importante é saber como se comportar para aproveitar ao máximo todos os benefícios que podem ser extraídos da água do mar e do sol.

O mar como tratamento de doenças.

A talassoterapia é tratamento que promove cura através das propriedades curativas do mar. Mesmo sem ser conhecida por este nome, esta forma de medicina já era praticada há pelo menos 4000 anos a.C. pelos chineses, que retiravam das algas vermelhas substâncias com poderes curativos. Algum tempo depois, romanos e gregos também perceberam o potencial marinho na cura de diversas enfermidades. Mas é a Europa que se torna palco dos principais desenvolvimentos desta técnica. Neste continente surgiram, nos séculos XVII e XVIII, os primeiros textos sobre este tema.  Quem proporcionou alicerces científicos para esta terapia é o biólogo René Quinton. A partir deste momento, este procedimento se dissemina por todo o Planeta, embora em nosso país seja ainda pouco conhecido e explorado, especialmente se levarmos em conta o potencial marinho presente na paisagem brasileira.

Confira as principais ações da água do mar sobre nosso organismo:

  • Ativar a circulação do sangue – a água marinha estimula o fluxo sanguíneo nas artérias e veias, aliviando a sensação de pernas cansadas.

  • Auxiliar no tratamento da Psoríase e outros problemas de pele, uma vez que limpa, desintoxica e favorece a saúde da epiderme

  • Diminuir dores – a água do mar conta com ação analgésica, especialmente em dores crônicas ou agudas na coluna vertebral e extremidades.
  • Melhorar a respiração – é recomendada para promover importantes melhorias na respiração, principalmente em quadros de infecções nas vias respiratórias superiores.
  • Reduzir o estresse – a água marinha, somada a técnicas relaxantes de massagem, serve para combater insônia, fadiga, esgotamento físico e até depressão.

 

Fonte: Revista Prazeres/Destino SC/InfoEscola